PLANTAR O FUTURO

ImgVideoplantar
Em 2019/2020 dá-se continuidade ao programa de Recuperação da Natureza e de Educação Ambiental, designado “Plantar o Futuro” criado no ano transato e que este ano envolve todos os alunos do 10º ano da RAM.

Este ano pretende-se que a 2.ª edição do ‘Plantar o Futuro” se realize numa versão ainda mais abrangente.
No ano passado, o projeto baseou-se em ações de plantação que se desenvolviam duas vezes por semana, de novembro a abril, sendo que este ano as ações têm início em janeiro de 2020 prolongando-se até maio. Assim, de janeiro a março, serão realizadas ações de plantação e de retancha, sendo os meses de abril e maio dedicados a ações de manutenção como a rega e a monda, à repicagem e atividades complementares nos viveiros florestais do IFCN, IP-RAM.

Deste modo pretende-se sensibilizar, educar e responsabilizar para todas as etapas fundamentais e complementares que estão inerentes ao processo de plantação, incutindo o espírito do “cuidar” indo muito mais além da ação de “plantar”.

O projeto envolve cerca de 2020 alunos do 10º ano de escolaridade e 39 dias de plantação/retancha distribuídos pelo Paul da Serra, Serras de Santo António, Carreiras de Baixo, Achada do Teixeira, Porto Santo e ainda outras ações no Viveiro Florestal da Casa Velha.

O programa ‘Plantar o Futuro’ é fruto de uma parceria entre a Secretaria Regional de Educação, Ciência e Tecnologia (SRE) e a Secretaria Regional de Ambiente, Recursos Naturais e Alterações Climáticas (SRAAC) através do Instituto das Florestas e Conservação da Natureza, IP-RAM (IFCN, IP-RAM) e dos apoiantes e patrocinadores: Centro Comercial La Vie (Centro Novo Funchal SA) e a empresa Jornal da Madeira.

O referido projeto visa:

  • a recuperação da natureza, assim como, a recuperação florestal e respetiva biodiversidade de áreas degradadas (nomeadamente as áreas afetadas pelos incêndios), e ainda a ampliação da área de floresta nativa;
  • um incremento do conhecimento, da consciencialização e consequente responsabilização individual ao nível da salvaguarda do Património Natural da RAM;
  • e um fortalecimento do movimento de cidadania ativa.

Ressalve-se o facto de que estas ações contribuem para a gestão da floresta, potenciando a capacidade de fixação de carbono por estes ecossistemas e atuando na prevenção dos incêndios florestais, sendo uma das principais medidas de adaptação e de mitigação num contexto de alterações climáticas.


CONCURSO DE FOTOGRAFIA - #fotografaoplantarofuturo

Plantar o Futuro concurso f

Nesta 2ª edição, de modo a promover as ações desenvolvidas, está a ser promovido um concurso de fotografia destinado aos mais de dois mil alunos que irão às serras madeirenses para as referidas ações.
O concurso decorre na página de Instagram plantarofuturo criada para este projeto até ao dia 31 de maio.
Para participar, os participantes têm de fotografar imagens da natureza, de caráter original, durante a atividade do projeto ‘Plantar o Futuro’.
No Instagram, os participantes terão de seguir a página do ‘Plantar o Futuro’, partilhar até três fotografias (uma por ‘post’), colocar, na descrição, a ‘hashtag’ #fotografaoplantarofuturo e identificar o @plantarofuturo na publicação.

As fotografias devem também ser enviadas para o email , em que o vencedor ganha uma fotográfica instantânea.

PlantarFutconcursofotoRegul
Regulamento

INSTAGRAM

IMGPlantarOfuturo 2020

Acompanhe este projeto no instagram em: plantarofuturo

E-MAIL
Existe um e-mail do projeto:


No âmbito desta iniciativa, foram publicados alguns artigos:

Plantar o Futuro 2020jan JM 20200116 plantar o futur
09 janeiro 2020 16 janeiro 2020

PLANTAR O FUTURO, AGORA - 2018/2019

1 HDR120556 HDR105849

31 ações de plantação | 15 escolas | 1900 alunos |100 professores

O projeto ‘Plantar o Futuro’ é um programa de recuperação da natureza e de educação ambiental na Região Autónoma da Madeira, que se iniciou no ano letivo 2018/2019, envolvendo mais de um milhar e meio de alunos e uma centena de professores em ações de plantação nas serras.

Esta iniciativa pretende, no âmbito da sensibilização e formação ambiental e de participação pública: a recuperação da natureza, assim como, a recuperação florestal e respetiva biodiversidade de áreas degradadas (nomeadamente as áreas afetadas pelos incêndios), e ainda a ampliação da área de floresta nativa; um incremento do conhecimento, da consciencialização e consequente responsabilização individual ao nível do Património Natural da RAM e sua salvaguarda; e um fortalecimento do movimento de cidadania ativa.

Este programa é dinamizado pela Secretaria Regional da Educação (SRE), tendo como parceiro a Secretaria Regional do Ambiente e Recursos Naturais através do Instituto das Florestas e Conservação da Natureza, IP-RAM, e como apoiante e patrocinador o Centro Comercial La Vie (Centro Novo Funchal SA).


PLANTAR O FUTURO - vídeo de apresentação

imgPlantarFuturo

As ações de campo decorreram de novembro de 2018 a março de 2019, em 4 zonas distintas da RAM, mais especificamente, em áreas de gestão pública:
Paúl da Serra (zona da Relva Negra); Serras de Santo António (Chão das Galinhas); Porto Santo e Santana (Achada do Teixeira).

Os participantes receberam divulgativo associado ao projeto “Plantar o Futuro” produzido pela SRE e apoiado pelo Centro Comercial La Vie.

compromisso exteriorRed compromisso interior red



 

PLANTAR O FUTURO - vídeo de uma ação de plantação

iconvideoAção de Plantação do dia 27 de novembro 2018

 

Assinatura de Protocolo com o grupo La Vie 

 

IMG093502 IMG101600 IMG095829 IMG094746


No âmbito do seu programa de responsabilidade social, o Grupo Wider Property associou-se a este Projeto, através do Centro Comercial La Vie Funchal, como forma de reconhecimento do mérito da iniciativa e do seu impacto na comunidade local.

O compromisso foi firmado a 30 de novembro de 2018, com a assinatura do Protocolo de Colaboração entre as Secretarias Regionais de Educação; do Ambiente e Recursos Naturais e o grupo empresarial, com a presença dos respetivos Secretários Regionais, Jorge Carvalho e Susana Prada, bem como do Administrador do Grupo Wider Property, Luís Loureiro.

 

Este projeto reveste-se de enorme importância, quer a nível ambiental quer ao nível social, com um carácter transversal, sendo fulcral sensibilizar e educar as populações com destaque para os jovens, para que hoje tomem consciência do problema e no futuro assumam responsabilidades ambientais acrescidas.
No âmbito desta iniciativa, foram publicados alguns artigos:

 

CapaPlantaroFuturojan CapaPlantaroFuturofev CapaPlantaroFuturomar CapaPlantaroFuturoconc
Janeiro 2019 Fevereiro 2019 Março 2019 Final do Projeto