jsl1

O IFCN, IP-RAM informa que no âmbito das medidas de contingência relativas ao COVID-19, divulgadas pelo Governo Regional ( Consultar documento - Resolução n.º 282/2020 ), o Jardim de Santa Luzia foi reaberto a 11 de maio de 2020, sendo obrigatório os visitantes do espaço manterem o distanciamento mínimo de 2 metros entre si; respeitar a etiqueta respiratória e usar máscara de proteção.

Os parques infantis foram reabertos a 18 de julho (consultar documento- Resolução n.º 514/2020). Alertamos para um conjunto de medidas que devem ser respeitadas, como é o caso da não ser permitido: a partilha de equipamentos e materiais, levar brinquedos para o parque e  consumir bebidas e alimentos no parque.

Alertamos a todos os pais para o cumprimento das recomendações, de modo a que os parques sejam locais seguros. Sejam responsáveis em prol da vossa saúde e de todos!

Solicitamos o cumprimento escrupuloso das orientações das Autoridades de Saúde e Proteção Civil.

No centro do Funchal, existe este jardim que apresenta cinco áreas ajardinadas distintas: Jardim da Laurissilva, Jardim dos Socalcos, Jardim da Água, Jardim Tropical e o Jardim do Anfiteatro

Localização: Rua do Til (Noroeste) / Rua 31 de Janeiro (Sudoeste) / Rua da Carne Azeda (Este)
Área: 13.600 m2
Altitude: 45 - 65 m
Propriedade: Região Autónoma da Madeira
Entrada: livre
Horário: Aberto ao público das 08h30 às 20h00

jsl2 jsl3 jsl4

Localizado no centro do Funchal, o Jardim de Santa Luzia foi inaugurado a 27 de Setembro de 2004, e ocupa a área do antigo engenho de açúcar da firma Hinton, também conhecido por Fábrica do Torreão.

A conceção deste espaço verde procurou conservar a memória da época de laboração do engenho, salvaguardando um conjunto de rodas dentadas e a típica chaminé em tijolo burro, visível de toda a cidade Funchal.

O jardim organiza-se em áreas de vegetação distintas, a que correspondem 5 temas: Laurissilva, Socalcos (em referência à agricultura da Madeira), Água (onde as levadas não poderiam faltar), Trópicos e Anfiteatro.

Destacam-se diversas espécies exóticas com exemplares arbóreos como é o caso da tipuana Tipuana tipu, a árvore-de-SãoTomé Bauhinia variegata, a grevílea Grevillea robusta, o jacarandá Jacaranda mimosifolia e espécies indígenas, como o til Ocotea foetens, o loureiro Laurus novocanariensis, o cedro-da-Madeira Juniperus cedrus subps. maderensis, a faia-das-Ilhas Myrica faya, o dragoeiro Dracaena draco subsp. draco, o perado Ilex perado, e a tintureira Frangula azorica.


jsl5 jsl7 jsl8

O jardim é de entrada livre e dispõe de café com esplanada e, de um parque infantil onde os mais pequenos podem aplicar toda a sua energia.
Está aberto de segunda a sexta-feira, das 08h às 24h e tem entradas pela Rua do Til, pela rua da Carne Azeda, pelo Rua do Torreão e pela Rua 31 de Janeiro.