Nesta secção pode consultar o Programa de atividades de Educação Ambiental do Instituto das Florestas e Conservação da Natureza.

Para mais informações, ou para marcação de atividades, contacte o Núcleo dos Dragoeiros das Neves (291 795155).

PROGRAMA DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL

 

Pré-Escolar

logopdf

PreEscolar2017201801

 

1º Ciclo

logopdf

1ciclo2017201801

 

2º Ciclo

logopdf

2ciclo2017201801

3º Ciclos
e Secundário

logopdf

3CicloseSec2017201801

Séniores

logopdf

Seniores2017201801


Porto Santo

logopdf

 
PortoSanto2017201801

Divulgação dos trabalhos realizados pelos pequenos artistas no âmbito das nossas atividades pedagógicas!

EB1/PE da Ribeira da Alforra - 3º Ano

Camila Inês Andrade José Eduardo
Luna Susana Vitória
Francisco    



EB1/PE da Ribeira da Alforra

 

RibAlforra1 RibAlforra3 RibAlforra4
RibAlforra2

 


EB1/PE e Creche da Quinta Grande

EB1/PE e Creche da Quinta Grande1 EB1/PE e Creche da Quinta Grande2 EB1/PE e Creche da Quinta Grande4
EB1/PE e Creche da Quinta Grande5 EB1/PE e Creche da Quinta Grande6 EB1/PE e Creche da Quinta Grande7
EB1/PE e Creche da Quinta Grande8 EB1/PE e Creche da Quinta Grande9 EB1/PE e Creche da Quinta Grande10

 


EB1/PE da Calheta

EB1/PE Lombo do Atouguia 1 EB1/PE Lombo do Atouguia 2

 

 

PROJETO 2GETHER

IMG5241

logo2gether
Desde finais de março que têm estado a decorrer no arquipélago da Madeira os trabalhos de campo do projeto 2gether. Este projeto pretende estudar as associações entre as plantas e os insetos que as visitam (polinizadores e herbívoros), visando a recolha de informação biológica relevante para a conservação da biodiversidade da Madeira.

O projeto 2gether é financiado pela Fundação para a Ciência e a Tecnologia (FCT) e envolve como entidades parceiras, o Centro de Ecologia, Evolução e Alterações Ambientais (cE3c), a Universidade dos Açores (GBA/UAc), o Museu de História Natural da Finlândia e o Instituto das Florestas e da Conservação da Natureza (IFCN).

O IFCN desempenha um papel crucial neste projeto ao proporcionar apoio técnico e logístico, pretendendo-se que a informação científica recolhida venha a ser utilizada para uma melhor gestão do nosso Património Natural.